Salmo 1: Os dois caminhos

1É feliz quem não segue o conselho dos maus, 

não se detém no caminho dos pecadores 

nem toma parte nas reuniões dos zombadores, 

2mas na lei de Javé encontra sua alegria 

e nela medita dia e noite. 

3Será como árvore plantada à beira de um regato, 

que dá fruto no devido tempo 

e cuja folhagem não seca: 

em tudo o que faz terá sempre sucesso. 

4Os maus, porém, não são assim; 

são como palha que o vento carrega. 

5Por isso não podem enfrentar o julgamento, 

e os pecadores não têm vez na reunião dos justos. 

6Pois Javé conhece o caminho dos justos, 

mas a senda dos maus leva à ruína. 

Obrigado pelo seu comentário!