Eu voltarei, Senhor, mas me empurra

EU VOLTAREI, SENHOR, MAS ME EMPURRA
Dos meus medos e temores, até a segurança dos teus braços.
Das minhas angústias e ansiedades, para o descanso da tua Palavra.
Das minhas tristezas, para a alegria de saber que estás comigo. 

EU VOLTAREI, SENHOR, MAS ME EMPURRA
Porque tenho medo de tentar, e ficar na metade do caminho.
Porque tenho medo de te ver, e nunca te encontrar.
Porque tenho medo de voltar, e olhar para trás.
porque tenho medo de pensar, e arrepender-me. 

EU VOLTAREI, SENHOR, MAS ME EMPURRA
Para encontrar a tua casa, onde sempre há uma festa.
Para entrar em teu jardim, onde sempre é primavera.
Para encostar-me em teu peito, onde a gente se sente reconhecido.
Para entrar em tua casa e saber que sempre há um lugar. 

EU VOLTAREI, SENHOR, MAS ME EMPURRA 
para que eu não vacile e supere os meus próprios erros
Para que eu não desperdice os muitos talentos que me presenteaste.
Para que não exijas mais do que eu possa te oferecer.
Para que eu regresse e seja feliz de poder de novo te ver. 

EU VOLTAREI, SENHOR, MAS ME EMPURRA 
E se por alguma razão eu sentir dúvida, dá-me fortaleza para vencer.
E se por alguma razão eu cair, levanta-me com teu Espírito.
E se por alguma razão eu disser que é “impossível”, toca com a tua mão a minha mente pessimista.
EU VOLTAREI, SENHOR, MAS ME EMPURRA PARA CHEGAR ATÉ TUA CASA 

 

Obrigado pelo seu comentário!