Inventou a primeira bicicleta movida a hidrogênio

Esther Santos foi uma das vencedoras a 1ª edição do Aveiro Urban Challenges com projeto inovador

Sara Alves

A engenheira química Esther Santos é a responsável por um dos projetos vencedores da 1ª edição do Aveiro Urban Challenges: uma bicicleta que tem na sua essência dispositivos eletroquímicos que convertem o hidrogênio e o oxigênio em energia elétrica.

A água é o único resíduo emitido pela “PEMFC SUDOE BIKE”, nome pelo qual foi batizado este projeto, apesar de ter sido criado a pensar no turismo e nos programas de partilha de bicicletas, poderá vir a ser utilizado na limpeza das ruas de Aveiro, depois da Veolia se ter juntado ao desafio, na tentativa de aumentar o repto lançado pela Galp Gás Natural Distribuição. Para tornar esta ideia uma realidade, a startup espanhola desenhou um atrelado que torna a bicicleta eficiente para esse fim: “Esta é uma solução de mobilidade completamente livre de emissões, a sua bateria poderá ser carregada em poucos minutos, terá o dobro da autonomia quando comparada com uma bicicleta elétrica de bateria de lítio convencional e é mais versátil”, explicou a gestora do projetos da startup ao JN.

O protótipo estará concluído e será apresentado ao público, em Aveiro, em outubro. Um mês antes, a APRIA Systems prevê começar a testá-lo nas suas instalações em Espanha.

Antes de ter reconhecimento da iniciativa, Esther Santos já estudava a possibilidade de utilizar células de combustível alimentadas a hidrogênio como uma solução energética.

O desafio lançado no Aveiro Urban Challenges impulsionou o seu trabalho. “Pareceu-me uma boa oportunidade para contribuirmos, de alguma maneira, para a melhoria da mobilidade urbana” ao conseguir utilizar o hidrogênio como matéria-prima renovável. Esther não duvida que o hidrogênio pode ser visto como uma solução para a mobilidade urbana (ainda mais) sustentável.

———————-

FONTE: ALVES, Sara. Inventou a primeira bicicleta movida a hidrogênio. In. Jornal de Notícias. Porto (Portugal): Global Notícias – Media Group, ano, 133, n. 45, 16/07/2020, pág. 29. (Protagonista)

Obrigado pelo seu comentário!